Search Results for: Centro de Cultura e Formação Indígena (CCFI)

Inauguração do Centro Cultural e de Formação Indígena

Espaço voltado para indígenas venezuelanos migrantes e refugiados A solenidade de inauguração oficial do Centro Cultural e de Formação Indígena, localizado em Boa Vista, Roraima, aconteceu no dia 6 de maio. O espaço, idealizado pela Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI), é fruto de uma parceria entre a instituição, o Alto Comissariado das Nações Unidas para os

Trajetória de uma Missão

Mais de cinco anos da resposta brasileira à crise migratória venezuelana A Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI) lançou nessa quinta-feira, às 20h, o documentário Trajetória de uma Missão, que celebra os mais de cinco anos de sua atuação na resposta brasileira à crise migratória venezuelana. A organização foi a primeira a chegar na região, em 2016, para

Mães empreendedoras – protagonistas de sua própria história

Independente da nacionalidade, mães são capazes de enfrentar quaisquer obstáculos para proteger seus filhos. Caminham quilômetros em busca de um lugar seguro para abrigá-los, enfrentam as barreiras da língua, as diferenças culturais e precisam superar contextos de múltiplas vulnerabilidades sociais, econômicas e psíquicas impostas pelas condições de refúgio e migração. Segundo relatório do Subcomitê Federal para

Curso de Hidráulica

Curso de Hidráulica

O curso de hidráulica, realizado no Centro Cultural e de Formação Indígena (CCFI) em Boa Vista, Roraima / Brasil, foi desenvolvido pela Fraternidade – Humanitária (FFHI) em parceria com o Senai e tem como objetivo garantir a qualificação profissional e a certificação de cada aluno da oficina.  As capacitações ofertadas no CCFI melhoram as chances de migrantes e refugiados ingressarem no

Absorventes ecológicos

TIDA WARAO – Mulher Warao

Indígenas venezuelanas migrantes e refugiadas criam marca de absorventes ecológicos A Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI) está apoiando o desenvolvimento de uma marca de absorventes ecológicos, nomeada “Tida Warao”, que significa “Mulher Warao”, empreendimento composto por cinco  mulheres indígenas: Nuris Suarez, Laiza Freites, Melânia Mata, Victoria Briceno, Enniris Briceno e Erimar Yanez, que hoje vivem nos abrigos

Vale Gás

Vale Gás

Doação e parceria de entidades junto à Fraternidade – Humanitária (FFHI) beneficiam população vulnerável em Boa Vista-Roraima Uma iniciativa da Petrobrás em parceria com a Fundação Banco do Brasil (Ação Brasileiros pelo Brasil), e a Cooperativa dos Hortifrutigranjeiros (Coophorta) em trabalho conjunto com a Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI), distribuiu Vale Gás, que garante a compra de

Oficina de Mosaico

Oficina de Mosaicos

Meticulosos, persistentes e disciplinados. De pecinha em pecinha, vão dando forma e significados a objetos que são lapidados em suas mãos. E a arte emerge! É mais que uma oficina para fomentar meios de vida a estas pessoas abertas ao aprendizado e ao novo.  Neste fazer e entrega, se conectam com suas essências, reconstruindo suas

Missão Roraima Humanitária seguirá em 2022

Missão Roraima Humanitária seguirá em 2022 com o serviço de apoio aos mais necessitados

A partir de janeiro de 2022, a Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI) deixa a coordenação dos cinco abrigos indígenas no estado de Roraima, Brasil, em parceria com a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), mas mantém a gestão do Centro Cultural e de Formação Indígena (CCFI) com a Operação Acolhida. A Missão Roraima Humanitária seguirá com o serviço

Kawarao, 'Nossa Família'

Kawarao, ‘Nossa Família’, a história de empreendedorismo de um jovem abrigado

Bruno Avilo Arintero Quinonez de 20 anos, residente no Abrigo Pintolândia é um jovem da etnia Warao que soube trilhar um rápido caminho entre o curso de formação em confecção de calçados e a criação de uma marca de sucesso, a Kawarao. Como ele mesmo descreve, “logo que terminamos o curso reunimos cinco pessoas para produzir, mas

Setor Meios de Vida e Soluções Duradouras

Meios de Vida e Soluções Duradouras O Setor de Intervenção Meios de Vida e Soluções Duradouras foi criado pela Fraternidade – Missões Humanitárias Internacionais (FMHI) para promover ações que possibilitem a integração da população venezuelana migrante e refugiada no Brasil e promova a autonomia dessas famílias. O grande fluxo migratório venezuelano apresenta uma série de

Missão Roraima Humanitária - 5 anos

Missão Roraima Humanitária – 5 anos de resposta humanitária ao povo venezuelano

Em 2016, sensibilizada pela crise migratória venezuelana no Norte do Brasil que começava a se intensificar, a Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI) enviou o primeiro grupo de servidores humanitários a Boa Vista. Foi assim que, no mês de novembro daquele ano, nasceu a Missão Roraima Humanitária. De lá para cá, somam-se cinco anos de atuação ininterrupta na

Ajudando-se a Ajudar

A importância das parcerias na resposta humanitária e o Projeto “Ven, Tú Puedes!” da Visão Mundial Não é nenhuma novidade, em nenhum dos campos de conhecimento humano, que a união de esforços de diferentes indivíduos em prol de um objetivo comum é a maneira mais eficaz de que todos os envolvidos alcancem esse objetivo. Tampouco no

Empreendedorismo

Processos de Empreendedorismo Desenvolvidos pela Fraternidade – Humanitária (FFHI)

A equipe do Setor Meios de Vida – Soluções Duradouras ​​da Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI), com o apoio da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), nos últimos cinco meses, vem concentrando um esforço maior no estímulo ao empreendedorismo entre os abrigados presentes nos abrigos sob sua gestão em Roraima. Instituições parceiras como Visão Mundial e Fundação Panamericana para

Setor Arte-Educação em Emergências

Oficinas e Encontros Promovidos pelo Setor Arte-Educação em Emergências

Os cinco abrigos geridos pela Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI), na Missão Roraima Humanitária, contam com o Setor Arte-Educação em Emergências que fornece inúmeras atividades de instrução e desenvolvimento, tanto para os abrigados, quanto para as equipes de atuação. Em julho deste ano, oficinas e encontros foram realizados no Centro Cultural e de Formação Indígena (CCFI) e nos abrigos, com

Meios de Vida – Soluções Duradouras

A atuação do Setor Meios de Vida no Primeiro Semestre de 2021

A partir do início deste ano de 2021 intensificaram-se as iniciativas, os projetos e as ações no âmbito da Coordenação de Meios de Vida – Soluções Duradouras, que é um dos setores dos abrigos geridos pela Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI), em Roraima. A inauguração do espaço do Centro Cultural e de Formação Indígena (CCFI) em maio, contribuiu